Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

à nora com a sogra

Um blog sobre histórias de família em geral e mães de maridos em particular. Ou um registo terapêutico de episódios reais que mais parecem ficção.

As autoras:

Arquivo:

considerações / esclarecimentos / informações

Este blog nasceu há um mês. 31 dias. Só 31 dias.

Já aqui disse, mas repito, nunca pensamos ter tantas (e tão boas) reacções às histórias que que temos contado, episódios acumulados em anos de contacto com sogras, vá... esquisitas. 

31 dias parece-me um bom momento para algumas considerações e esclarecimentos. Para resumir algumas informações importantes.

 

Este blog é escrito por duas pessoas, duas histórias, duas vidas, duas sogras.

Temos a COISA, podem saber mais sobre ela [AQUI].

E a CRIATURA (esta que vos escreve hoje), mais sobre mim [AQUI].

 

Este blog tem uma página no Facebook. É uma página bem divertida por sinal, onde até à data, 1088 pessoas fizeram like. Se lá quiserem ir é carregar [AQUI].

 

Este blog nasceu para partilhar momentos. Nestas linhas contam-se histórias reais, coisas que efectivamente nos aconteceram. Não escrevemos para dizer mal de ninguém nem para criar polémicas e é por isso mesmo que escolhemos assinar nomes fictícios, ao fazê-lo estamos a limitar o número de pessoas que nos poderá identificar e consequentemente identificar as pessoas de quem falamos. Se elas se identificarem a elas próprias, bem, isso já não é problema nosso, aqui somos só a Coisa (mulher do Coiso e mãe das Moças) e a Criatura (casada com o Homem e mãe da Miúda e do Miúdo). Ponto.

 

Neste blog escreve-se em tom divertido mas também se fala a sério. Neste blog contam-se piadas, mas também se compreende que as dinamicas familiares são coisas complicadas, muitas vezes devastadoras. Neste blog distribuem-se abraços apertados a pessoas que precisem deles. 

 

As duas pessoas que escrevem este blog compreendem que falar da sogra seja um assunto complexo para muita gente e por isso decidiram que tudo o que nos queriram dizer será sempre publicado/partilhado anonimamente. Salvo os comentários no blog/Facebook que os utilizadores identificam voluntariamente, tudo o que passar por nós nunca será associado a um nome. Posto isto, sintam-se à vontade para nos contar as vossas aventuras! Podem enviar um e-mail para [AQUI], enviar mensagens privadas no Facebook ou até deixar um comentário anónimo aqui no blog, tudo conta.

 

Obrigada por estarem desse lado!

9 comentários

Comentar post

As autoras:

Arquivo: